por que enviar seu filho para o acampamento

Por que enviar seu filho para o acampamento?

Leila Oliveira Uncategorized

Constantemente somos interrogados por pais sobre o por que eles deveriam enviar seu filho para o acampamento. Uma pergunta suspeita para nós que conduzimos um. Todos os  verões estamos animados para o acampamento. Mal podemos esperar para dar as boas-vindas aos campistas e aos funcionários, novos e antigos, à sua casa de veraneio e criar uma experiência para eles que mude todos nós para melhor.

Este ano, no entanto, é diferente para nós pessoalmente, porque finalmente temos a oportunidade de enviar nosso próprio filho para um acampamento de verão em plena temporada pela primeira vez. Dizemos “finalmente” porque é algo que esperávamos desde que nossos filhos nasceram. Afinal, a realização de um acampamento de verão nos permitiu ver em primeira mão que o acampamento é singularmente o melhor lugar para as crianças crescerem.

Um aviso rápido aqui é que reconhecemos que cada criança é diferente e que um programa de acampamento de temporada completa pode não ser para todas as crianças e / ou todas as famílias.

Há muitos tipos diferentes de acampamentos por aí. Praticamente qualquer experiência de verão parece ser rotulada de “camp” nos dias de hoje. A maioria deles compartilha muitos dos mesmos benefícios que um acampamento de temporada completa. No entanto, quanto mais longas são essas experiências extraordinárias, maiores as chances de conexões mais fortes. Seja elas entre as pessoas ou dentro de nós mesmos.

Mas afinal, por que enviar seu filho para o acampamento?

Muitos de nossos amigos em casa ficam chocados quando ouvem que Paxton estará ausente no acampamento de meninos por sete semanas: “Uau, por quê?” E “Eu nunca poderia fazer isso, sinto muito a falta deles” são respostas padrão. Sim, sentiremos falta do nosso filho. Vamos pensar nele todos os momentos de todos os dias. Vamos ter as mesmas preocupações que todos os pais têm a qualquer momento que se despedem de seus filhos.

Contudo, queremos nos concentrar mais naquilo que acrecentará ao enviar nosso filho ao acampamento e menos em como nossa cultura está se movendo em direção a uma maior dependência de pais e dispositivos / mídias sociais.

Para obter mais informações sobre esses tópicos essenciais, recomendamos enfaticamente investigar a pesquisa de Jen Twenge sobre “iGen”, à qual nos referimos mais adiante, e a abordagem de Julie Lythcott-Haims de criar filhos bem-sucedidos sem pais excessivos.

A idéia de estar longe de nosso filho é dolorosa, então por que estamos contando com tanta ansiedade? Em suma, porque não importa o quanto queiramos, só nós, como pais, não podemos ensinar tudo o que ele precisa saber para realmente prosperar.

Um descanso das Telas

Em primeiro lugar, o acampamento é tudo sobre diversão e amigos. Quando perguntamos a Paxton por que ele está mais animado, isso sempre estará  no topo da lista. Ele está animado para fazer novos amigos e se divertir! É tão simples, e é por isso que estamos mais animados também! Sabemos que os dias de Paxton serão preenchidos com brincadeiras com crianças e coisas que ele ama.

E não haverá telas. Este é um grande problema para nós. Paxton ama videogames e leva toda a nossa capacidade disciplinar para limitar o tempo de tela dele. Sendo assim, que melhor limitação do que removê-lo todos juntos e substituí-lo com uma infinidade de atividades atléticas, artísticas, baseadas na natureza e sociais ?!! Isso é muito forte para nós, como pais e diretores do acampamento, porque as evidências em desfavor ao tempo de tela são surpreendentes.

Estudos nacionais recentes geram resultados claros: “Adolescentes que gastam mais tempo do que a média em atividades sem telas são mais propensos a serem felizes.” atividade e as crianças que têm a sorte de passar sete semanas sem telas e sem mídia social são mais felizes por isso!

Experiências que somam

Todo esse tempo jogando em um ambiente de acampamento seguro e de apoio ensina a Paxton algumas coisas realmente importantes, por exemplo:

  • Exposição a novas experiências
  • Desafiar a si mesmo
  • Sair de sua zona de conforto
  • Cooperação
  • Sendo um membro positivo de uma equipe,
  • Praticar bom espírito esportivo
  • Falhar / perder não é o fim, mas parte do processo
  • Acreditar em si mesmo,
  • Determinação
  • Perseverança

… A lista continua.

Além disso, ao enviar nosso filho para o acampamento, ele também estará vivendo como membro de uma comunidade e alojamento. Espera-se que o nosso filho:

  • Cuide dos seus pertences,
  • Ajude a limpar seu alojamento
  • Arrume a cama,
  • Ponha a roupa suja na roupa suja

Em suma, cuide de si próprio! É claro que haverá conselheiros e outros adultos para guiá-lo, lembrá-lo e ajudá-lo. No final das contas, a expectativa é de independência, cooperação e trabalho em direção a um objetivo comum. E quando ele sentir falta de nós seus conselheiros e outros estarão lá para ele. Dessa forma, ganhará ainda mais confiança, sabendo que ele pode aproveitar esta experiência longe de nós.

Liberdade para crescer

Mas as crianças sempre se dão bem e fazem as escolhas certas?  Claro que não, eles são crianças! Sabemos que os conselheiros de Paxton e os outros adultos em seu acampamento farão o melhor que puderem. Eles querem transformar os desafios de manter relacionamentos e conviver uns com os outros em lições de como ser bons amigos e boas pessoas.

De fato, no acampamento, nosso filho aprenderá tanto, se não mais do que nós, como pais, sobre empatia, respeito, responsabilidade, honestidade, inclusão e aceitação.

E é por isso que vamos enviar nosso filho para o acampamento: sabemos que ele pode aprender mais sobre si mesmo, mais sobre ser feliz. E mais sobre como ser uma pessoa melhor lá, do que com a gente. E não é por falta de querer ou tentar! É que no conforto do lar e na familiaridade da família, ele nunca pode desafiar a si mesmo e aprender a acreditar em si mesmo da mesma maneira que quando está longe de nós.

Há um ditado que diz que as crianças poupam o pior para os pais. Talvez isso seja verdade, e é porque sempre estivemos lá para eles e eles sabem que podem sempre pedir ajuda. Portanto,  numa época em que as crianças e os jovens adultos são mais dependentes e menos felizes, temos orgulho de dar ao nosso filho a oportunidade de ser um filho mais forte e feliz . E em última análise, um adulto mais feliz e mais bem-sucedido por causa de suas experiências campais.

Como pais da primeira vez, é uma grande expectativa, mas, como diretores de acampamento experientes, sabemos que isso é certamente possível.

Kyle e Emily

Fonte: https://www.campvega.com/our-new-role-as-camp-parents/